O sistema de rastreamento veicular é mais um aliado na busca por maior segurança no trânsito. Com a tecnologia, o proprietário consegue identificar com precisão a posição exata de seu Mercedes-Benz, onde quer que esteja. 


Mas você sabe como funciona essa tecnologia? Quais são as funcionalidades oferecidas pelo sistema de rastreamento de veículos? Vamos responder a essas e outras perguntas no texto a seguir. Confira! 


O que é um rastreador de veículos? 

É um dispositivo de geolocalização que pode ser instalado em todos os tipos de veículos. Sua principal função é oferecer informações precisas sobre a localização do automóvel. 

O sistema conta com uma tecnologia conhecida como On Board Diagnostic (diagnóstico a bordo), que funciona a partir da instalação de dispositivos responsáveis pela análise de trajetória, e, em alguns casos, até de desempenho do veículo. 

Desde 2010, todos os veículos comercializados no Brasil devem, obrigatoriamente, contar com uma entrada compatível com o dispositivo. 

Leia também: Seguro de carro: tudo o que você precisa saber sobre o assunto


Como funciona o rastreamento veicular? 

São necessários três elementos básicos para o sistema funcionar, sendo eles: instalação do dispositivo no veículo, um sistema de comunicação e um canal para que as informações cheguem ao motorista. 

Atualmente, são utilizados dois tipos principais de tecnologia de comunicação, que são os sistemas com GPS e com radiofrequência.

É através de uma dessas tecnologias que será possível fazer a comunicação entre o dispositivo e a central de informações na qual o motorista tem acesso à localização de seu veículo. 


Rastreamento de carro por GPS

GPS, em tradução livre, significa sistema de posicionamento global e faz uso de uma rede de satélites (24 ao todo) distribuídos por toda a órbita terrestre. 

Essa tecnologia faz a captação de informações de pelo menos quatro destes satélites e, através das coordenadas obtidas, como latitude e longitude, é capaz de calcular com alta precisão a localização do veículo no mapa. 


Rastreamento veicular por radiofrequência

Neste sistema, o rastreamento veicular acontece por meio da emissão de sinais de rádio. Logo, através da triangulação de sinais obtidos em redes criadas por antenas receptoras, é possível captar a localização exata do automóvel. 

No entanto, a desvantagem deste sistema é justamente o limite de cobertura geográfica. Isso porque muitas áreas não contam com antenas receptoras, o que impossibilita o rastreamento. 

Mas, a radiofrequência se destaca pelo fato de conseguir identificar a localização do veículo até mesmo em lugares fechados, como túneis e subsolos, por exemplo. Além disso, a tecnologia sofre menos com interferências de inibidores de sinais, o que garante um controle ainda maior da posição do carro. 


Tecnologia M2M/GSM

Além dos sistemas de rastreamento via GPS e radiofrequência, há ainda uma outra possibilidade mais recente no mercado. É a tecnologia M3M/GSM.

Neste sistema, que funciona com conexão à internet, é possível acessar dados da localização do veículo em tempo real. Isso é possível graças aos sinais obtidos pelas antenas de telefonia, que possibilitam maior agilidade na entrega das informações. 


Funcionalidades do rastreamento de veículos 

A principal funcionalidade do rastreador de veículos é, claro, informar a localização do mesmo. Porém, a tecnologia também possibilita acesso a outras informações que podem ser úteis para o usuário, como: 

  • Regiões exatas por onde o veículo passou;

  • Velocidades alcançadas em trechos específicos do trajeto;

  • Período em que o veículo ficou parado; 

  • Bloqueio remoto do veículo em caso de roubo ou furto;

  • Consumo médio de combustível.

A presença dessas funcionalidades dependerá da tecnologia contratada. Por isso, quando for escolher um sistema de rastreamento veicular, você deve avaliar quais informações serão mais úteis para as suas necessidades no trânsito. 


Aproveite e leia também a respeito de outros serviços/tecnologias que podem ajudar a manter seu Mercedes-Benz mais seguro: 


Blindagem de carros: como funciona e suas vantagens

Chave codificada: entenda como funciona esse sistema