Freio ABS: o que é, para que serve e como utilizá-lo corretamente

Freio ABS: o que é, para que serve e como utilizá-lo
05/02/2021


Desde 2014 é obrigatório a instalação de freios ABS em todos os veículos no Brasil. O sistema oferece uma maior segurança no trânsito, uma vez que evita o travamento repentino e derrapagem das rodas.

Mas você sabe como funciona essa tecnologia? No texto a seguir vamos esclarecer algumas dúvidas comuns a respeito do sistema, como por exemplo: 

  • O que é Freio ABS? 
  • Como o sistema funciona na prática? 
  • Quais são os componentes do sistema? 
  • Quais são os benefícios do Freio ABS? 

Continue a leitura e descubra! 


O que é Freio ABS?

Os freios ABS (Anti-lock Braking System) funcionam através de sensores localizados nas rodas que vão evitar que as mesmas sofram com travamentos repentinos ou derrapagens. 

Portanto, ele é um sistema de segurança importante para os veículos, sendo acionado em situações de emergência com o intuito de prevenir acidentes. 

Estima-se que, veículos com freios ABS são capazes de reduzir a distância de parada em até 30%. Com isso, o motorista ganha maior tempo de reação para desviar de obstáculos durante a frenagem. 

Fique atento: sempre que você for ligar o carro uma luz amarela com a sigla ABS irá acender e logo em seguida se apagar no painel do veículo. No entanto, caso ela continue ligada pode ser sinal de que o sistema não está funcionando adequadamente.


Como funcionam os freios ABS? 

O sistema ABS vai atuar em momentos de emergência com o intuito de oferecer maior estabilidade para o veículo. Portanto, seu acionamento se dará em condições adversas, como desníveis em pista molhada, frenagens em curvas, entre outras. 

Basicamente, o sistema ABS é acionado em situações em que o motorista precisa “pisar fundo” no freio. Neste momento, é comum que ocorra o travamento das rodas, causando a derrapagem lateral ou perda do controle da direção. Entretanto, com a instalação da tecnologia isso não ocorrerá. 

Para evitar o travamento, são instalados sensores que monitoram a rotação de cada roda, comparando-a com a velocidade do carro. Quando os freios ABS detectam que algumas das rodas tendem a travar ele intervirá em questão de milissegundos, de modo a regular a pressão de frenagem em cada roda. 

Portanto, o sistema não é responsável por frear a roda, mas sim por aliviar e regular a intensidade da frenagem. Em situações de emergência isso garante que o veículo se mantenha estável. 


Componentes do sistema

O sistema ABS conta com  quatro componentes principais, são eles: 

  • Sensores de velocidade (um em cada roda): interpretam as informações de rotação das rodas e em caso de desalinhamento com a velocidade do veículo eles acionam o sistema;
  • Bomba hidráulica: pressuriza o fluido de freio após o acionamento do sistema;
  • Controlador eletrônico: pressuriza o fluido de freio após o ABS entrar em ação;
  • Válvulas hidráulicas: controla a pressão dos fluidos em cada roda.

Veja o passo a passo do acionamento do sistema:

  1. O motorista pisa fundo no freio;
  2. Os sensores detectam que a desaceleração nas rodas está incompatível com a do veículo;
  3. A válvula hidráulica é ativada no freio da roda, o que vai reduzir sua força de frenagem, fazendo com que ela gire de forma mais rápida;
  4. A velocidade da roda é retomada e então a válvula introduz novamente a pressão para segurá-la, repetindo os dois ciclos do processo em um espaço de cerca de 15 segundos. 


Benefícios do freio ABS

O principal benefício é, claro, a maior segurança proporcionada para os veículos em situações adversas. Além disso, o sistema também possibilita a introdução de outras tecnologias automotivas associadas. 

Veja as principais vantagens em sua utilização: 

  • Contribui para a prevenção de acidentes;
  • Mantém o controle da direção durante manobras;
  • Menor tempo e distância de frenagem;
  • Eficiência em diferentes pistas como areia, asfalto molhado etc;
  • Possibilita novas tecnologias de segurança em decorrência de sua conexão em rede. É o caso de sistemas como o controle de tração e o controle de estabilidade, por exemplo. 

E você sabia que a Mercedes-Benz foi pioneira na utilização de freios ABS? Isso mesmo, a marca alemã que é reconhecida por sua inovação automotiva foi a primeira montadora a utilizar o sistema em veículos de passeio, em 1978. 


Leia também: 7 tecnologias automotivas da Mercedes-Benz